Voltar para a Home Page
 
FRATURA DO COTOVELO

A articulação do cotovelo é composta de três articulações: umeroulnar, umerorradial e a proximal radioulnar.

O movimento de extensão e flexão ocorre entre a tróclea do úmero e sua superfície correspondente na ulna e entre a cabeça do rádiocom o capítulo do úmero. O movimento de rotação da cabeça do rádio é mantido pelo ligamento anular da ulna colocada ao redor do colo do rádio.

A estabilidade do cotovelo, lateral e medial, é dada por um grupo ligamentar colocado medialmente e por um grupo lateral, disposto radialmente. O ligamento colateral medial, que vai da epitróclea à ulna, tem dois fascículos (anterior e posterior) que formam uma figura triangular. O ligamento transverso, que vai da porção anterior do rebordo da superfície articular da ulna até a parte posterior da base do olecrano, tem função de reforçar a cápsula articular na sua inserção. O ligamento colateral radial é um espessamento da cápsula e dirigi-se lateralmente do epicôndilo para a ulna e contrapõe-se ao colateral medial.

Profundamente há a cápsula articular que envolve toda a articulação. A membrana sinovial que a reveste estreitamente forma dois espaços, um posterior sobre o olécrano na extensão e outro anterior, ao redor do processo coronóide. Ainda pode existir um terceiro espaço, na parte inferior ao redor da cabeça radial.

A amplitude de movimento da articulação é de 0 a 150º de flexão, 75º de pronação e 85º de supinação.

Músculos e funções: a flexão ocorre pelo músculo braquial; a flexão em supinação pelo músculo bíceps, e também, no movimento rápido, pelo músculo braquiorradial. A extensão é executada pelo músculo tríceps e/ou músculo ancôneo. A pronação é realizada principalmente pelo músculo pronador quadrado e músculo pronador redondo quando força mais intensas são necessárias. A supinação é feita pelo músculo supinador e, quando mais força é necessária, usa-se o músculo bíceps braquial.

Cotovelo
Clique nas imagens para ampliar
Cotovelo